Jessy... Lely... Jessiely... Amélia...Mel... Melzinha !


"Sou pedacinho de gente... sou comecinho de mim.... Ainda não conheço, porque ainda não cheguei ao fim !"


Mas... sei de alguns detalhes, até fundamentais !


Bom... Depois de muito estudar Anatomia ... ( Meu Deus, pra que tanto pedacinho pequenininho com nome complicado ?! ) e na total ausência de sono, ou de quem adoro no msn, eu li uma matéria, que dizia que, nós somos hoje, reflexo do que fomos ontem... Aí, pensei... Quem sou então ? (hahahah,, profundo !) Juntei minhas recordações, e vou postá-las aqui... pra ver se consigo descobrir... Sendo assim... lá vai !



Tenho recordações boas (muito boas) e más (muito más) da minha infância...


Enquanto criança ...moramos tanto em casas enormes... quantos em casas minúsculas... já estívemos muito bem... como também faltou dinheiro pra fazer a feira... Lembro de ter visto minha mãe chorar no batente da cozinha, porque meu irmão queria pão, e nós não tinhamos em casa... É... foi a recessão ! Também não havia o essencial, por semanas comemos uns peixinhos horrorosos... Mas, minha mãe era batalhadora... Ligeirinho arrumou outro emprego... E as coisas progrediram. ( Nesse ano, no Natal, não teve Ceia, mas minha mãe comprou uma boneca de plástico, simples, simples... Mas, sinto vontade de chorar quando lembro... Ela nunca deixou o Natal passar em branco...)


Já fui inocente... Perdi essa dádiva... Que pena !


Já acreditei em Papai Noel, mas não permiti que meu irmão tivesse essa doce ilusão... No Dia em que descobri que O Bom Velhinho não existia, contei logo essa indubitável verdade a Ele.... Lembro-me que ele repetiu baixinho :


- Jiciely ( reproduzindo a voz dele) Papai noel, existe não ?


E procurou por mainha que nesse momento não se encontrava perto... Então... Roubei esse pedacinho de infância dele, tenho remorsos...


(Detalhe ...Ainda brinco de Bonecas... é verdade ! Minha filhinha precisa ter amigas... e quando ela me pede pra brincar de Barbie com ela, me sento e brinco, e , acredite, me sinto criança de novo ! Bons tempos...)


Já caí do alto do muro, tentando roubar cana-de-açúcar no quintal da vizinha...


Já catei cachorro na rua e trouxe pra casa... e uma vez, trouxe um gato também... Em ambas as vezes, minha mãe me deu uma boa chinelada!( mas, eu ainda trouxe outro gato... esse ela deixou ficar )


Já derrubei meu irmão da rede, brincando de rodeio...A queda foi grande, mas eu disse a ele :

- Não chore. você é um rapaz !

Na minha frente ele segurou, mas chorou depois... Tadinho .... ( eu era muito persuasiva .. heheheh)


Já cantei em coral da Igreja...Já cantei solo...Já cantei pra umas 1.000 pessoas, enquanto minha mãe me dizia :


- Mulher... você vai é passar vergonha...


Mas, eu fui... e ... eu ganhei ! ( detalhe, tinha 7 anos de idade e já era assim ... Tadinha da mainha !)

Já cantei pra o Governador do Estado, e pra o Senador da República... (Eu devia estar doida !) Fora eles, tinham mais umas 200 pessoas... (Noooooossa, como é que eu tive coragem ?!?!) E esta loucura é recente... Faz 4 anos...


Já caí de caiaque, no meio do açude...


Já bati e apanhei na escola ( admito, apanhei mais )....


Já odiei meu nome, pelo fato de cantarem todos os dias aquela caquética musiquinha "...Amélia que era mulher de verdade..." Mas, hoje percebo, que meu nome é lindo, me orgulho dele... Mas, podem me chamar de Jessiely.


Já me enveredei por caminhos que amei...


Já morei em lugares que odiei...


Já fui sozinha...


Já fui triste...


Já me apaixonei num verão, e achei que era pra sempre ... Sim, já vivi um amor de verão ! E admito, que fiquei triste na Hora em que saímos da praia em direção a nossa casa... Óh Meu Deus... Doce adolescência !


Já tropecei enquanto paquerava e quase caí...


Já fiz apostas malucas... Mas, cumpri ! Tenho palavra !


Já joguei "Elas por Elas", lá na Casa de Manuella...


Já jogamos War também, mas não tem jeito, eu perco sempre ... ( acho que não sou boa estrategista) também não ganho nunca em jogo de dama , nem gamão, nem paciência eu tenho paciência pra jogar... ( eita... sou boa em jogo não... Azar no jogo , sorte no amor ?)


Já voltei pra casa as 5:00 da manhã, cantando junto com as minhas amigas uma músicas bestas de um grupo de pagode ( hahahaha.. eu sei quem detesta pagode !)...


Painho já mandou me buscar nas festas ... que vergonha !


Já fugimos em Lucena, para irmos ao "Poeirão''... ( mas fomos descorbertas !!!)


Já subimos trilhas na praia ... e fomos parar nas ruínas de Bomsucesso... (Depois soubemos, que estavam sequestrando por aquelas bandas, principalmente meninas sozinhas.... E também, depois de um longo banho de mar Bravio, soubemos que tinha Tubarão...e que dois surfistas já tinham ido atacados... Mas, no fim de tudo, o ruim mesmo, foi que Manuella perdeu a tornozeleira de ouro.... No mais, escapamos aos reais perigos....) Ahhhh... juramos não contar aos nossos pais, das nossas aventuras.... Mas, como é que pode ? No outro dia mainha já sabia !? Onde será que ela guarda a bola de Cristal ?


Já chorei por um ex namorado.... Já perdi peso, de tão triste que fiquei... ( Porque será, que aos 16, todo amor é pra vida inteira ?)


Já tive cabelo cacheado... Mas agora tá lisinho...

Já fui ruiva... Mas, foi traumático !

Já quis usar lentes de contato... porque tinha vergonha dos meus olhos verdes... azuis.. sei lá ( veja só que besteira ?!?! Ia acabar com o charme ! hahahah)


Já omiti verdades... protelei o que precisava contar , mas aprendi a lição... Nunca mais protelo nada...! Chorei mais de um dia, mas fui perdoada !


Já demorei três horas ao telefone... Tããããão bom !

Já ri e chorei na frente do meu computador... Já ouvi a voz, e conversei com o menino mais lindo do mundo, aqui pelo meu PC... Eu queria era estar perto... Mas, essa vida louca !!!!


Já sou mulher...

Já sou mãe...

Já estudo que amo, e o que me realiza...! ( ai ai, fico toda fofa de jaleco !)

E já sei mais ou menos onde não pôr meu pé... Mas, ainda assim, eu erro !


Mas, enfim...

por mais que me falte muito, sou feliz por tudo o que tenho !!!!


E... Minha trajetória me ensinou um bocado !



Mas.... enfim.... quem eu sou ?

1 comentários:

Sérgio 1 de setembro de 2011 22:01  

Em verdade talvez nunca saibamos quem somos ou o porque somos ou ainda porque fomos. Quem sabe um dia quando os olhos não mostrarem mais a beleza da juventude como outrora, mas sim a beleza de se ter vivido cada momento em sua plenitude, possamos através de um simples sorriso no rosto cansado, demonstrar qual foi a verdadeira e mágica essência de uma breve passagem.
Poderiam não entender, mas você saberia que viveu.

Sérgio.